quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Livro do Mês – Dezembro de 2016

A proposta de leitura deste mês é um livro de contos, da autoria de José Dias de Melo, intitulado “ Uma estrela nas mãos do homem”.



Os contos têm como elemento comum temas de Natal, que foram escritos ao longo dos anos 70 e 80 do século passado e reunidos e reescritos em 1986 que como refere o autor no prólogo deste livro “distantes, apartados entre si por espaços de tempo grandes – vêm de fases diferentes da minha vida de homem e escritor”.

Leia e torne o seu natal ainda mais mágico!

Fica aqui uma pequena nota sobre o autor:

José Dias de Melo nasceu na Calheta do Nesquim, ilha do Pico, a 08 de Abril de 1925 e faleceu com 83 anos em Ponta Delgada, ilha de S. Miguel, em 2008.

Além da carreira de professor do então ensino primário (1º CEB), foi colaborador assíduo da imprensa regional e nacional e um profundo conhecedor da temática baleeira e da emigração.

Nos anos 50 do século passado, iniciou o seu percurso literário, com um livro de poesia intitulado «Toadas do Mar e da Terra», a que se seguiram outros, com destaque para a obra «Pedras Negras», que foi publicada, pela primeira vez, em 1964.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Exposição "Vergílio Ferreira: Espaço do (In)visível" na Torre do Tombo

No âmbito da comemoração do centenário de Vergílio Ferreira (1916-2016), o Arquivo Nacional da Torre do Tombo e a Câmara Municipal de Gouveia, promovem a exposição "Vergílio Ferreira: Espaço do (In)visível", patente de 6 de dezembro a 31 de janeiro de 2017.

Horário:

- segunda a sexta feira, 9h30 – 19h30 ; 

- sábado, 9h30 – 12H30

Entrada livre.

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Escrita criativa: "Um milagre de Natal"




A BE/CRE, em parceria com as disciplinas de português, francês e inglês, promove um concurso de escrita criativa no qual podem participar alunos, professores e funcionários da Escola Secundária da Amadora. 

Trata-se de produzir um texto em prosa ou em verso subordinado ao tema “Um milagre de natal”, que não deve exceder uma folha A4, impressa ou manuscrita. O texto pode ser redigido em português, francês, inglês ou alemão, e deverá ser entregue, sob pseudónimo, na BE/CRE da ESA até 6 de janeiro de 2017

Contamos com a vossa INSPIRAÇÃO e PARTICIPAÇÃO.  

Para mais informações consulte o regulamento:


terça-feira, 29 de novembro de 2016

Livral(h)adra: Feira do Livro Usado da ESA




Na BE/CRE encontra-se a decorrer até ao fim do 1º período a feira do livro usado da ESA.

Nesta feira podes adquirir livros, DVDs ou jogos a preços simbólicos.

O valor apurado da venda destina-se à compra de novos recursos para a biblioteca escolar.

Vem visitar.

Aqui fica uma pequena exibição do que ainda poderás encontrar:


segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Resultados do passatempo
“À descoberta do autor misterioso”

O passatempo contou com a participação de 15 alunos dos três anos do Ensino Secundário, distribuídos conforme o seguinte gráfico:



Todos os participantes reconheceram com facilidade o autor misterioso.

A equipa educativa da BE/CRE da ESA congratula-se com o resultado e felicita todos os participantes, e desde já conta com a sua futura adesão e entusiasmo em outras atividades promovidas pela biblioteca escolar.

Eis a solução:



Aproveitamos para informar que no dia 24 de novembro de 2016 assinalou-se os 110 anos do nascimento de Rómulo de Carvalho e que é nesta data que se celebra o Dia Nacional da Cultura Científica. A escolha do dia 24 de novembro para a comemoração desta efeméride constitui uma homenagem a este ilustre professor de Física e Química, responsável pela promoção do ensino da ciência e da cultura científica em Portugal, que como António Gedeão, conseguiu unir a ciência à literatura.

Aqui fica um pequeno exemplo:

Lição sobre a água

Este líquido é água.
Quando pura
é inodora, insípida e incolor.
Reduzida a vapor,
sob tensão e a alta temperatura,
move os êmbolos das máquinas que, por isso,
se denominam máquinas de vapor.


É um bom dissolvente.
Embora com excepções mas de um modo geral,
dissolve tudo bem, bases e sais.
Congela a zero graus centesimais
e ferve a 100, quando à pressão normal.


Foi neste líquido que numa noite cálida de Verão,
sob um luar gomoso e branco de camélia,
apareceu a boiar o cadáver de Ofélia
com um nenúfar na mão.


Leia outros poemas>>

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

HML homenageia Delfim Santos com dossier digital Delfim Santos na imprensa periódica de grande circulação

No ano em que se assinala 50 anos da morte de Delfim Santos (1907-1966), a Hemeroteca Municipal de Lisboa (HML) organizou o dossier digital Delfim Santos na imprensa periódica de grande circulação, que reúne colaboração do autor – professor, filósofo, pedagogo, ensaísta –, a partir do fundo documental da Hemeroteca.

Este dossier que não pretende esgotar a colaboração deste humanista em publicações periódicas “revela a sua faceta de dinamizador e promotor cultural, junto de um público indiferenciado. É também demonstrativa de um panorama em que a intelectualidade era ativamente convocada a participar, com textos de opinião, na comunicação social escrita, num processo de democratização da cultura, rompendo com a exclusividade de uma audiência de elites e dirigindo-se ao cidadão comum, interpelando-o, estimulando-o, numa tentativa de o elevar cultural e civicamente”.

Consulte o dossier >>

Consulte o site oficial de estudos sobre Delfim Santos >>

Fonte: Hemeroteca Municipal de Lisboa

terça-feira, 22 de novembro de 2016